Projetos / Projetos Realizados

HOMENS DE BEM (MAIO 2002 - DEZEMBRO 2002)

A convite da Subsecretaria de Segurança da Mulher e Defesa da Cidadania, e em parceria com a mesma, elaboramos e executamos esse projeto. O nosso propósito foi o de preparar um contingente maior de pessoas capacitadas a realizar grupos reflexivos de gênero e, por conseguinte, aumentar o número de núcleos de atenção a homens autores de violência intrafamiliar e de gênero no estado.

CIDADANIA, GÊNERO E GERAÇÕES: CAPACITANDO PARA O TRABALHO DE REDE PARA A PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR (SETEMBRO 2001 - FEVEREIRO 2002)

A partir dos projetos desenvolvidos em Bangu e Complexo da Maré, o Núcleo percebeu a necessidade de articular uma rede de atenção à violência intrafamiliar e de gênero. A idéia era otimizar a interação das pessoas e organizações que já vinham trabalhando nesta área.

PROJETO DE APLICAÇÃO DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS AOS HOMENS AUTORES DE VIOLÊNCIA INTRAFAMILIAR E DE GÊNERO (SETEMBRO 2000 - FEVEREIRO 2001)

O principal objetivo deste projeto foi promover a utilização da metodologia de grupos reflexivos de gênero pela Justiça como medida alternativa ao processo penal e/ou ao encarceramento, conjugado com a aplicação de uma pena alternativa a homens denunciados como autores de violência contra mulheres.

VIOLÊNCIA FAMILIAR: UM OLHAR SOBRE HOMENS AUTORES DE VIOLÊNCIA (AGOSTO 2000 - FEVEREIRO 2001)

O projeto visou a capacitação de homens moradores do bairro de Bangu e Complexo da Maré para atuarem como facilitadores de grupos reflexivos de gênero com homens autores de violência intrafamiliar e de gênero e na prevenção deste tipo de violência.

HOMENS IDOSOS E CIDADANIA: COMPARTILHANDO HISTÓRIAS ENTRE GERAÇÕES (AGOSTO 2000 - FEVEREIRO 2001)

A idéia principal do projeto era, ao resgatar a cidadania do idoso, transformá-lo num importante instrumento de prevenção de violência intrafamiliar e de gênero. Os idosos selecionados no bairro de Bangu e no Complexo da Maré foram capacitados para serem agentes comunitários de prevenção deste tipo de violência e para atuarem como mentores de um determinado grupo de jovens de sua comunidade.

NÃO SÃO VOZES, SÃO VERDADES (2005)

Projeto desenvolvido em parceria com o CPRJ – Centro Psiquiátrico Rio de Janeiro e a Ananã Produções, visou produzir um documentário que abordasse o tema da reforma psiquiátrica no Brasil, dando voz aos portadores de doença mental.